BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

Materia para o Jornal Folha de Teresopolis

Chamada da Capa

Capa


Pagina 10
Gordinhas, Lindas e Felizes!

Fabiana veste 46, Aline 50 e Cristiane 52. E são modelos!
Numa iniciativa recente e ousada no Rio de Janeiro, as três amigas e mais algumas meninas “PlusSize”, com manequins que variam entre 44 e 56, não se renderam à ditadura da magreza e formaram o Curvilíneas Plus Size, um grupo de modelos “gordinhas”, fora dos padrões da moda que insiste em privilegiar as mulheres mais magras.
Tudo começou há um ano, no “Dia de Modelo”, evento elaborado pelo blogmulherao.wordpress.com , que reúne várias meninas que não se enquadram no perfil das agências de modelo convencionais, e lhes oferece a possibilidade de fazerem seu book em estúdio com iluminação profissional, empréstimo de roupas, bijoux, orientação de uma modelo Plus Size,maquiagem e cabelo. Desde então, as amigas começaram esse movimento no Estado do Rio de Janeiro, já que em outros Estados a iniciativa já faz sucesso há tempos. Em São Paulo, por
exemplo, já existe o Fashion Weekend Plus Size, o maior evento de moda GG do país,oportunidade para que as “gordinhas” mostrem sua beleza e também sua inclinação para o mundo da moda. A “Folha de Teresópolis” entrevistou duas dessas modelos (Aline Carvalho eFabiana Soliva – Cris Miranda estava viajando), e em quase duas horas de uma agradabilíssima conversa, ficou clara a necessidade de se trazer à tona esse movimento para que também as mulheres de Teresópolis tomem conhecimento. A maior motivação para esse movimento é a
recuperação da auto-estima da mulher “gordinha”, muitas vezes, infelizmente, alvos de piadas, e até mesmo maus tratos por parte de pessoas mal informadas e até mesmo, pasmem, familiares. Algumas modelos tiveram, por exemplo, que fazerem seus books “escondidas” da família. Um caso interessante foi o da modelo que vivia sendo maltratada pelo marido, que depois de ver o book da mulher, e sua entrevista numa rede de TV, começou a olhá-la com outros olhos e a perceber a beleza da mulher que tinha em casa. Um dos problemas mais apontados pelas entrevistadas era a falta de lojas com roupas voltadas para o público GG feminino.
Infelizmente, segundo elas, na maioria das lojas (com exceções de algumas especializadas) onde se encontram roupas na modelagem “Plus Size”, os cortes são mal feitos, retos, passando a idéia de que gordinhas não podem andar na moda. E o pior, geralmente essas roupas são muito mais caras que as “normais”. Puro preconceito!
Essa é uma das principais bandeiras levantadas pelo grupo. As gordinhas podem, sim, andar na moda, se vestirem bem, ter roupas com cortes bem ajustados, que respeite suas curvas e que lhe dêem a oportunidade de realçarem sua beleza natural, coisa que fica clara ao vermos as fotos das modelos. Nesse aspecto, Teresópolis parece estar engatinhando se comparada, por exemplo, a
Petrópolis. Enquanto em nosso município há apenas duas lojas especializadas em modelagem “Plus Size”, nossa cidade vizinha tem, pelo menos, nove. Está na hora de nossos lojistas abrirem os olhos para esse mercado cada vez mais promissor. Outro fato que merece destaque, e que as modelos fazem questão de salientar, é que, de forma alguma, o trabalho delas é uma apologia à obesidade. De forma alguma essa é a idéia que procuram passar, antes, o que pretendem é
que a mulher gordinha, mas com saúde, se aceite e passe a viver normalmente, não precisando se esconder ou se diminuir por causa dos quilinhos a mais. “Saúde é fundamental. Todas nós fazemos nossos exames sempre, e estamos com todas as taxas de saúde em dia”, afirmam as modelos.
As modelos possuem até mesmo um fotógrafo especializado, Manacés Martins, o preferido das
modelos Plus Size no Rio de Janeiro. É de Maná (como é chamado) as fotos que ilustram essa reportagem e que as meninas fazem questão de elogiar quando se trata de elaborarem seus books, em busca de empresas que queiram, rompendo o preconceito, fazerem catálogos fora da
modelagem tradicional.
Aline e Fabiana, em um ano de atividades intensas, divulgando a moda “Plus Size” têm tido uma repercussão muito boa em relação ao seu trabalho. As modelos já foram entrevistadas até mesmo pelo Fantástico, além de vários jornais cariocas e TVs universitárias.
Além do blog Mulherão, as modelos possuem seus próprios blogs, onde dão dicas de beleza para as gordinhas, e mostram como esse mundo “Plus Size” ainda tem muito a crescer e valorizar as mulheres com manequins não convencionais.
Os blogs são:
alineplussize.blogspot.com
plussizefabianasoliva.blogspot.com
crismirandaplussize.blogspot.com
Se alguma teresopolitana se interessar, o blog mulherão estará realizando a terceira edição do Dia de Modelo Plus Size, no dia 25 de setembro, sábado, no bairro de Botafogo/RJ. O custo é de R$ 500,00 e este valor pode ser dividido em até 3 vezes. Informações no Blog
mulherao.wordpress.com
Aline Carvalho, Cristiane Miranda e Fabiana Soliva

1 comentários:

juniordownload disse...

Todas são muito lindas!